Última hora

Última hora

Cruzeiro roça a tragédia no mar Egeu, dois passageiros ainda desaparecidos

Em leitura:

Cruzeiro roça a tragédia no mar Egeu, dois passageiros ainda desaparecidos

Tamanho do texto Aa Aa

O Paquete Sea Diamond afundou-se esta noite, horas depois de ter encalhado num recife ao largo da ilha grega de Santorini, com mais de mil e cem passageiros a bordo. Durante quatro horas, equipas de salvamento da marinha, cargueiros e outras embarcações resgataram os passageiros.

Duas pessoas continuam desaparecidas, um pai e uma filha de nacionalidade francesa, que se encontrariam no camarote mais próximo da zona de impacto. O navio de pavilhão grego efectuava rotas de cruzeiro de cinco dias entre os arquipélagos gregos e a Turquia e tinha como destino final o porto de Piréus.

Um dos passageiros afirma que ouviu um estrondo muito forte, “quando saí do camarote vi que a água começava a subir nos corredores, ainda tentei voltar ao quarto para ir buscar um colete salva-vidas mas a água já me cobria até à cintura. E aí corri o máximo que pude para o quinto andar para ir ter com a minha mulher”.

Outra passageira afirma que, “estava no quarto e que sempre pensou que um alarme alertasse os passageiros em caso de problema. Ouvi um grande estrondo e então o barco começou a abanar. Os copos espalharam-se pelo chão e o único alarme que ouvi foi a tripulação a gritar nos corredores e a bater à porta, para que agarrássemos nos coletes salva-vidas, não tive tempo de levar nada comigo só a roupa que levava vestida”.

A companhia grega abriu entretanto um inquérito às causas do incidente, o capitão e três membros da tripulação encontram-se a ser interrogados pela polícia.