Última hora

Última hora

Depois da libertação as explicações

Em leitura:

Depois da libertação as explicações

Tamanho do texto Aa Aa

Duas semanas depois, os militares britânicos detidos no Irão reencontraram-se finalmente com as respectivas famílias. A crise diplomática está encerrada mas permanecem ainda algumas interrogações. Os serviços secretos e o Ministério da Defesa britânicos querem pormenores sobre os 13 dias de cativeiro a que foram submetidos os 15 fuzileiros e marinheiros ao serviço de sua majestade.

Como explicou Sir Jock Stirrup da RAF: “Assim que termine a reunião com os familiares, depois do primeiro encontro, os 15 militares deverão efectuar exames médicos, e serão questionados, para percebermos um pouco mais sobre o que se passou”.

O grupo de militares reuniu-se com as famílias numa base aérea do sudoeste de Inglaterra. O chefe de Estado iraniano decidiu libertar os soldados num gesto de cortesia para com a Grã-Bretanha.

Tanto Londres como Teerão negam ter sido negociada qualquer troca com detidos iranianos em poder das forças multinacionais no Iraque.