Última hora

Última hora

EUA queixam-se na OMC contra pirataria chinesa

Em leitura:

EUA queixam-se na OMC contra pirataria chinesa

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos declararam guerra à pirataria “made in China”. A administração norte-americana apresentou duas queixas contra Pequim, na Organização Mundial do Comércio. A prática continuada da pirataria de DVD e outros produtos está, alegadamente, a causar prejuízos muito elevados às empresas norte-americanas, como explicou a representante para o comércio, Susan Schwab: “Há problemas que o diálogo bilateral não conseguiu resolver. As actuais leis chinesas impedem um combate eficiente à pirataria e à contrafacção. Os produtos audiovisuais legítimos e as publicações continuam a enfrentar sérios problemas no que toca ao acesso ao mercado”.

A China está à frente na lista dos países onde a pirataria faz mais mossa no mercado legal. Estima-se que o mercado pirata na China tenha feito as empresas perder 1,7 mil milhões de euros. Seguem-se a Rússia, o México e o Canadá.

Já em Fevereiro, os Estados Unidos se tinham queixado na OMC contra a China, desta vez a respeito dos subsídios estatais à exportação.

As novas queixas referem-se, por um lado, à forma alegadamente pouco eficaz como as autoridades chinesas lutam contra a pirataria. Por outro, dizem também respeito aos obstáculos comerciais postos por Pequim ao comércio de produtos norte-americanos.