Última hora

Última hora

Preocupação pelo programa nuclear iraniano

Em leitura:

Preocupação pelo programa nuclear iraniano

Tamanho do texto Aa Aa

Multiplicam-se as reações de preocupação, depois do anúncio feito pelo Irão que pretende intensificar o programa de enriquecimento de urânio, com fins industriais.

A França ja “deplorou” aquilo que considerou ser um “mau sinal”. O ministro dos Negócios Estrangeiros deixou mais um apelo ao Irão para que respeite as decisões do Conselho de Segurança.

De Moscovo vieram reacções mais calculistas. O chefe da diplomacia russa prometeu clarificar o assunto:

“Nós achamos que tudo o que está relacionado com o programa nuclear iraniano é muito sério. Queremos fundamentar as nossas acções, não em gestos de política emocional, mas antes em factos mais concretos. Consequentemente, pretendemos esclarecer toda a situação”.

Em Teerão, as reacções são de outro tiplo, Os iranianos sentem-se felizes, com o anúncio feito pelas autoridades, como se comprova com a declaração de um jovem, às televisões ocidentais:

“Ontem à noite, quando ouvi as notícias, fiquei realmente feliz. Isso significa que já não estamos dependentes do Ocidente e que se confirma o nosso famoso lema, “Independência, Liberdade e República Islámica “.

Terminada a saga dos reféns britânicos, o regime de Teerão recupera o nuclear, para se manter na agenda informativa do ocidente.