Última hora

Última hora

Israel "desiludido" com proposta de troca de prisioneiros

Em leitura:

Israel "desiludido" com proposta de troca de prisioneiros

Tamanho do texto Aa Aa

O executivo israelita mostrou “desilusão e reservas” face à lista de prisioneiros que os palestinianos querem ver libertados em troca de um soldado hebraico. Em Jerusalém, familiares de israelitas vítimas de ataques palestinianos pediram a rejeição da proposta palestiniana.

O director da Associação Israelita de Vítimas do Terrorismo, Meir Indor, disse que “têm a certeza” de que a aceitação de um acordo “trará imediatamente um caos e uma campanha de terrorismo que resultará num grande número de mortos e feridos. E também na captura de muitos israelitas”.

Telavive advertiu contra “falsas expectativas” face à confirmação de uma troca de prisioneiros. Em Gaza, o primeiro-ministro palestiniano, Ismail Haniyeh afirma que “tudo depende da capacidade de cooperação do governo israelita face ao pedido palestiniano”.

A troca de Gilad Shalit, capturado por grupos palestinianos há dez meses, por uma lista de prisioneiros que inclui o número dois da Fatah, Marwan Barghuti, será debatida no Gabinete de Segurança israelita de domingo. O presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, anunciou um encontro, na próxima semana, com o chefe do governo israelita, Ehud Olmert.