Última hora

Última hora

Iuchenco pode adiar a data das legislativas

Em leitura:

Iuchenco pode adiar a data das legislativas

Tamanho do texto Aa Aa

Os apoiantes do primeiro-ministro ucraniano são em cada vez maior número na Praça da Independência em Kiev, mesmo depois de uma hipotética cedência do chefe de Estado no que diz respeito à data das eleições antecipadas.

O presidente Viktor Iuchenco marcou o sufrágio para 27 de Maio, mas um responsável do Conselho de Segurança Nacional afirmou que o presidente pode adiar a data das legislativas.

O chefe de governo Viktor Ianukovitch apelou à supensão do decreto de dissolução do parlamento.

O Tribunal Constitucional prometeu pronunciar-se a 17 de Abril, precisamente o dia limite para apresentar as listas eleitorais.

Uma apoiante do primeiro-ministro diz que não está habituada a desistir da luta e vai manifestar-se até à decisão do Tribunal.

Os simpatizantes do presidente Iuchenco manifestam-se noutras zonas da capital ucraniana.

Um apoiante do chefe de Estado afirma que as próximas eleições têm de ser justas de forma a redefinir quem obtém a maioria no parlamento.

Os juízes do Tribunal Constitucional denunciaram pressões do governo e pediram o reforço da segurança pessoal.