Última hora

Última hora

Pequim e Tóquio procuram aproximação

Em leitura:

Pequim e Tóquio procuram aproximação

Tamanho do texto Aa Aa

China e Japão tentam uma reaproximação depois de uma longa crise. Em virtude de conflitos históricos, muitos chineses mantém ainda sentimentos de desconfiança em relação ao Japão. O Japão que atacou e ocupou a China desde os anos 30 até ao fim da Segunda Grande Guerra, está impedido pela sua constituição de gastar mais de um por cento do produto interno bruto em forças militares. A China opõe-se a qualquer alteração destas disposições.
Os industriais não cessam de exortar os dirigentes políticos a uma reaproximação uma vez que as trocas comerciais entre os dois países se encontra em plena expansão.
Wen Jibao e o seu homólogo japonês, Shinzo Abe deverão abordar a crise nuclear norte coreana, o problema do gaz no Mar da China e o aumento das despesas miitares de Pekim que inquieta os japoneses.