Última hora

Última hora

A guerrilha iraquina atinge dois simbolos do país

Em leitura:

A guerrilha iraquina atinge dois simbolos do país

Tamanho do texto Aa Aa

Um camião-bomba com motorista suicida explodiu numa ponte em Bagdade, uma das mais antigas do rio Tigre, causando pelo menos dez mortos e 26 feridos. A força da explosão destruiu parte da estrutura metálica e projectou vários automóveis para as águas do rio. Durante várias horas mergulhadores tentataram salvar pelo menos 20 pessoas que estavam dentro das viaturas.

A ponte de al-Sarafiya ligava as localidades dos arredores norte de Bagdad, Azamiyah, um enclave de maioria sunita e Baba al-Muazam, uma área de população mista. A impenetrável zona de segurança não escapa violência. Uma bomba deflagrou no interior do edifício do parlamento iraquiano, na fortificada Zona Verde causando a morte de oito pessoas e mais de 23 feridos.
A explosão ocorreu na cafetaria, quando vários deputados estavam a almoçar. O bombista suicida terá sido um guarda-costas. Três deputados recusavam sistematicamente serem revistados assim como os seus guarda-costas.