Última hora

Última hora

Protagonistas da crise ucraniana oferecem compromissos

Em leitura:

Protagonistas da crise ucraniana oferecem compromissos

Tamanho do texto Aa Aa

Face à crise ucraniana, os campos políticos opostos começam a oferecer propostas de compromisso. O primeiro-ministro Viktor Ianukovitch disse esta quarta-feira estar disposto a aceitar legislativas antecipadas, mas apenas se coincidirem com eleições presidenciais.

O chefe de Estado não aceita um escrutínio presidencial. No entanto, Viktor Iuschenko já admitiu a possibilidade de adiar as eleições parlamentares, inicialmente convocadas para 27 de Maio. Enquanto os apoiantes de Ianukovitch e Iuschenko continuam a ocupar as ruas da capital, o vice-presidente do Parlamento Europeu disse em Kiev que é demasiado cedo para que as instituições europeias se envolvam na crise. O Tribunal Constitucional ucraniano deverá examinar no dia 17 a decisão presidencial de dissolver o Parlamento e convocar eleições antecipadas.