Última hora

Última hora

Exército turco ameaça intervir no norte do Iraque

Em leitura:

Exército turco ameaça intervir no norte do Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

O chefe do estado maior das forças armadas da Turquia deu, esta quinta-feira, uma conferência de imprensa. O acontecimento, de tão raro, provocou surpresa; as palavras do líder militar provocaram inquietação.

O general Yasar Buyukanit veio a público defender a intervenção militar turca no norte do Iraque, para por fim à acção dos rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que acusa de prepararem, a partir do territótio iraquiano, acções terroristas em solo turco.

A Turquia já exortou várias vezes o governo iraquiano e as forças de ocupação americanas a agirem contra os cerca de quatro mil rebeldes do PKK que utilizam o norte do Iraque como base para as acções terroristas. As palavrasdo general turco provocaram reacção imediata de Washington. Um porta-voz da Casa Branca apressou-se a dizer que a intervenção militar no Iraque “é uma opção que toda a gente deveria tentar evitar”.

Mas, no meio de rumores sobre projectos para um possível golpe de Estado, o general deixou recados para as presidenciais do próximo mês. Ao afirmar ter esperança de que o próximo presidente seja um defensor da laicidade, condenou implicitamente, a candidatura do primeiro-ministro Recep Taiypp Erdogan, um islamita.

Mas os militares turcos não são os únicos a contestar a candidtaura do primeiro-ministro. Este sábado está prevista, em Ancara, uma grande manifestação de protesto.