Última hora

Última hora

Vistos de entrada na União mais fáceis para os Balcãs

Em leitura:

Vistos de entrada na União mais fáceis para os Balcãs

Tamanho do texto Aa Aa

Os Balcãs estão mais próximos da União Europeia. Um novo acordo que visa facilitar os vistos foi assinado, esta sexta-feira, em Zagreb, entre o comissário para a Justiça e os responsáveis da Albânia, da Bósnia-Herzegovina e do Montenegro. Na véspera, a Macedónia já tinha assinado um acordo semelhante.

O comissário Franco Fratini considera trata-se de um importante passo político: “Do meu ponto de vista, é também um primeiro passo para um regime de livre circulação de cidadãos na região dos Balcãs Ocidentais.”

O acordo deverá entrar em vigor até ao final do ano. Prevê vistos gratuitos para estudantes, jornalistas e homens de negócios albaneses, bósnios, macedónios e montenegrinos. Para quem viaje frequentemente, haverá vistos de entrada múltipla e os restantes cidadãos continuarão a pagar 35 euros, contra os 60 que cobra a União Europeia para a maioria dos restantes países.

Em troca, estes países aceitaram assinar acordos de readmissão de imigrantes ilegais. Algo a que a Sérvia tem coloco entraves, razão pela qual Belgrado ainda não assinou o mesmo tipo de acordo com a União Europeia.

Franco Fratini aproveitou a ocasião para recordar que estes países, todos com ambições à adesão, devem reforçar os esforços na luta contra a corrupção e na reforma dos sistemas judiciais.