Última hora

Última hora

Anchovas e enguias na mesa do Conselho de ministros das Pescas

Em leitura:

Anchovas e enguias na mesa do Conselho de ministros das Pescas

Tamanho do texto Aa Aa

A França e a Espanha não se entendem sobre a forma como pôr em prática a pesca experimental de anchovas no Golfo da Biscaia. Os ministros das Pescas tinham decidido autorizar um período de apenas dois meses de faina em 2007 – entre 15 de Abril e 15 de Junho – com supervisão cientifica, mas Madrid acusa Paris de já ter barcos na região.

A ministra espanhola da Agricultura e Pescas disse, esta manhã, à chegada à reunião do Conselho, que tudo indica que a França utilizou já barcos para pescar e que não respeitou os acordos e avisou que iria pedir ao comissário que as campanhas científicas sejam realizadas de acordo com as quotas fixadas em Dezembro último.

Face à diminuição dos stocks de anchovas nesta região, a Comissão tinha fixado uma quota máxima de 10% de navios para os dois países ou seja, 20 espanhóis e 8 franceses exigindo o acompanhamento dos barcos por navios científicos, mas os dois países não chegaram sequer a concluir um acordo.

Nem só as anchovas estão a criar dissabores neste conselho de ministros da Agricultura e Pescas, os Vinte e Sete também não conseguem entender-se sobre o plano de preservação das enguias, uma espécie ameaçada de extinção.