Última hora

Última hora

Fronteiras da União vão ser guardadas por 450 agentes

Em leitura:

Fronteiras da União vão ser guardadas por 450 agentes

Tamanho do texto Aa Aa

Já está aprovada a força de intervenção rápida da Frontex, que vai ajudar os Estados membros que se vejam confrontados com um afluxo subito de imigrantes clandestinos.

A força será constituída por 450 agentes, provenientes dos 27 estados membros e segundo fontes diplomáticas estará em funcionamento num curto espaço de tempo.

A criação desta força foi aprovada na reunião desta sexta-feira dos ministros da Justiça e do Interior da União Europeia, o processo formal de aprovação no quadro das instituições europeias será concluído em Junho e em Julho terá início a formação do contingente.

No quadro deste acordo, todos os países são obrigados a fornecer guardas fronteiriços que respondam a um determinado perfil técnico.

Os ministros passaram ainda em revista as últimas contribuições de meios materiais anunciadas pelos Estados para a Frontex. Até agora a Agência de Vigilância das Fronteiras Externas conta com 21 aviões, 27 helicópteros e 116 botes assim como 392 equipas técnicas de vigilância com radares móveis, câmaras térmicas e detectores de pessoas.

A Frontex já pôs em accção um dispositivo de emergência que tem vindo a ajudar a controlar a vaga de imigrantes clandestinos provenientes de África, que chegam às costas espanholas e italianas.