Última hora

Última hora

A esquerda da esquerda aconselha voto em Ségolene

Em leitura:

A esquerda da esquerda aconselha voto em Ségolene

Tamanho do texto Aa Aa

Os pequenos partidos de esquerda estão decididos a barrar o caminho à direita de Nicolas Sarkozy. É a primeira vez na história eleitoral francesa que a extrema esquerda se une a uma só voz indicando claramente uma orientação de voto a começar por José Bové. Olivier Besancenot, o carismático candidato-carteiro que foi a cara do não ao referendo em 2005 e é líder da trotskista Liga Comunista Revolucionária, garante que a sua missão será de continuar a combater a direita na rua e nas urnas. O seu voto será em Ségolene.

A líder dos Verdes, Dominique Voynet queixa-se que foi uma vítima do voto útil que conduziu muitos ecologistas mas não hesitou em aconselhar o voto em Ségolene Royal. Arlette Laguiller segue a mesma linha ela votará Ségolene Royal pedindo aos que confiram em si que votem Ségolene embora “sem ilusões” quer ser solidária com as camadas populares que não desejam ver Sarkozy no poder.

A esquerda une assim todas as forças para evitar que a direita continue a governar a França. As orientações de voto estão dadas resta saber o que vão decidir verdadeiramente os eleitores dentro de duas semanas.

.