Última hora

Última hora

Bayrou: o fiel da balança

Em leitura:

Bayrou: o fiel da balança

Tamanho do texto Aa Aa

O centristra François Bayrou pode tornar-se no fazedor de presidentes, devido à terceira posição alcançada na primeira volta das presidenciais francesas. O conservador Nicolas Sarkozy e a socialista Ségolène Royal terão um fiel de balança na nova corrida presidencial pois, como diz o que ficou conhecido como homem do consenso: “há uma renovação política em curso”.

Ao conhecer os resultados, Bayrou anunciou, ao eleitorado, uma boa notícia: a partir daquela tarde de domingo, a política francesa mudou e não voltará a ser como antes. “Apesar de inúmeras manobras, apesar da aliança do partido socialista e da UMP, das sondagens manipuladas, mesmo com tudo isso, sete milhões de franceses reuniram-se para se tornarem porta-vozes de uma magnífica ideia de mudança”.

Parece haver um centro em França e Bayrou classifica-o amplo, forte e independente, capaz de actuar e fazer-se ouvir.