Última hora

Última hora

Le Pen averba derrota

Em leitura:

Le Pen averba derrota

Tamanho do texto Aa Aa

O arauto da extrema-direita francesa, Jean-Marie Le Pen, averbou o pior resultado desde a sua primeira campanha presidencial em 1974. Uma situação que não impediu os festejos dos militantes da Frente Nacional naquela que pode ter sido a última vez que o seu dirigente, actualmente com 78 anos, se apresentou à corrida presidencial.

Jean-Marie Le Pen foi o quarto candidato mais votado com perto de 11 por cento dos sufrágios. Este ano o líder frentista recolheu a confiança de três milhões e meio de eleitores, menos dois milhões do que há cinco anos. Por isso não hesitou em lançar as farpas do costume denunciando o resultado desta primeira volta como uma consequência da pré-selecção efectuada pelos meios de comunicação social e pelos institutos de sondagens.

Le Pen apelou ao militantes para manterem a mobilização e votarem maciçamente nas próximas eleições legislativas em Junho. Apesar dos resultados eleitorais dos últimos anos a Frente Nacional permanece sem representação parlamentar devido ao actual sistema de voto.

Entretanto, a corrida à sucessão começa a desenhar-se na Frente Nacional. Marine Le Pen, a filha mais nova do líder histórico, apresenta-se actualmente como a favorita dos militantes.