Última hora

Última hora

Sarkozy: rédea curta e manga arregaçada

Em leitura:

Sarkozy: rédea curta e manga arregaçada

Tamanho do texto Aa Aa

Nicolas Sarkozy quer seduzir o mundo rural da França, tal como outro candidato o fez na primeira volta. Divulga imagens a cavalo, mostrando como é bom e confiante a segurar as rédeas. No domingo passado foi votar, não apenas com a mulher Cecília, sobre quem pairaram rumores persistentes de desentendimento, mas também com as duas enteadas, uma família recomposta e pronta para a presidência.

Ficou conhecido como duro, pois não tem medo dos temas quentes e de chamar os bois pelos seus nomes (caso da “racaille”…gentinha”) mas, depois, teve a maleabilidade suficiente para ir para o terreno e priveligiar o contacto com as pessoas, propondo soluções concretas para os problemas que enfrentam.

Filho de um nobre húngaro refugiado em França por causa do comunismo, sempre soube bem qual era o ideal que perseguir: uma sociedade mais justa. Com Jacques Chirac, mentor e correlegionário seguiu um percurso com alguns percalços, interrompido pelo apoio a um rival… mas a união partidária falou mais alto.