Última hora

Última hora

Sarkozy e Royal iniciam caça ao voto do centro

Em leitura:

Sarkozy e Royal iniciam caça ao voto do centro

Tamanho do texto Aa Aa

Começou a caça aos votos dos eleitores do centro em França. Em Valence, no leste francês, Ségolène Royal aproveitou o comício da noite de ontem para iniciar a sua campanha de sedução do eleitorado de François Bayrou. A candidata socialista registou menos cerca de dois milhões de votos do que o candidato mais votado na primeira volta, Nicolas Sarkozy. Royal propôs um “diálogo aberto e público” a François Bayrou sobre “valores e ideias” para encontrar convergências com vista à eleição do presidente da República. A candidata socialista referiu também que todos os que não se identificam com a candidatura de Nicolas Sarkozy “podem participar nesse diálogo, que deverá ser público”.

Sem atrasos para recuperar, Nicolas Sarkozy prossegue também a campanha eleitoral, mas já fez saber que não cederá a pressões que não se enquadrem nas suas convicções. O candidato da direita, no comício de ontem à noite em Dijon, também no leste de França, referiu que diz “em voz alta, o que a maioria pensa” e voltou a criticar a esquerda pelo “ódio contra a direita” demonstrado em cada escrutínio.

Uma ideia utilizada com bastante frequência pelo antigo ministro do Interior, que já em 1993, após a derrota dos socialistas nas legislativas, acusava Ségolène Royal, na altura ministra do Ambiente, de manter “um discurso de ódio contra a direita”. Os dois candidatos estão expectantes em relação à conferência de imprensa convocada por Bayrou para esta quarta-feira, na qual o terceiro candidato mais votado deverá anunciar se apoia Sarkozy ou Royal.