Última hora

Última hora

Cidade do México legaliza aborto

Em leitura:

Cidade do México legaliza aborto

Tamanho do texto Aa Aa

A prática do aborto durante os primeiros três meses de gestação já é legal na cidade do México. Apesar das ameaças da igreja católica de excomungar os deputados da assembleia legislativa do Distrito Federal do México, o projecto-lei de despenalização do aborto durante as primeiras 12 semanas de gestação foi aprovado por larga maioria.

A adopção desta lei poderá influenciar os restantes distritos do México a avançarem com a despenalização. A proposta de lei dividiu os cidadãos da capital mexicana. Polícia teve um trabalho redobrado devido a várias manifestações pró e contra o aborto, esta terça-feira.

Após cinco hora de debate, a assembleia distrital acabou por aprovar a lei com 46 votos a favor, 16 contra e uma abstenção. A cidade do México junta-se assim a Cuba, à Guiana e a Porto Rico, os únicos países da América da latina onde a prática do aborto é legal.