Última hora

Última hora

Condições básicas de vida em África debatidas pelo G8

Em leitura:

Condições básicas de vida em África debatidas pelo G8

Tamanho do texto Aa Aa

A chanceler alemã Angela Merkel comprometeu-se a pressionar os países do G8 a cumprirem as promessas de duplicar as ajudas às nações africanas mais desfavorecidas.

A chanceler referiu que durante a cimeira do G8, que terá lugar em Heiligendamm em Junho, os 8 países mais industrializados do mundo vão abordar o tema das condições básicas de vida em África, além da questão financeira.

As intenções da anfitriã da próxima cimeira do G8 foram proferidas em Berlim durante a apresentação do Painel do Progresso Africano, presidido pelo antigo secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan. O comité terá como missão acompanhar o progresso das nações ricas para alcançar as metas de desenvolvimento estabelecidas para África.

Na cimeira do G8 em Gleaneagles na Escócia, os países mais industrializados prometeram duplicar a ajuda financeira e perdoar mais de 40 mil milhões de euros da divida das nações africanas mais pobres.