Última hora

Em leitura:

Cinco reféns, dois franceses, raptados no Afeganistão às portas da morte


mundo

Cinco reféns, dois franceses, raptados no Afeganistão às portas da morte

Teme-se cada vez mais pela vida dos cinco reféns sequestrados pelos Taliban a 3 de Abril. Dois cidadãos franceses, Celine e Eric, ambos trabalhadores da ONG Terra de infância, e três afegãos foram raptados por um grupo de insurgentes Taliban, estão sob ameaça de morte. O prazo para satisfazer as exigências dos insurgentes termina amanhã.

Os Taliban exigem a retirada das tropas francesas do Afeganistão. O ministro francês dos Negócios Estrangeiros voltou a afirmar que França não tem intenções de continuar no Afeganistão. As tropas especiais já foram retiradas do território e nesta altura continuam estacionados no país mil soldados franceses.

Os dois franceses e cinco afegãos foram raptados no inicio do mês na província Nimroz, no sudoeste interior do território. O chefe da diplomacia francesa já veio dizer que o Estado fez tudo o que podia pelos reféns. Quer isto dizer que as negociações estarão suspensas e a vida dos cinco cidadãos pode estar por um fio.

Esta situação de impasse contrasta com a de Daniele Mastrogiacomo, jornalista italiano, que foi raptado junto com intérprete e o condutor. Os dois afegãos foram executados, Mastrogiacomo foi solto oficialmente em troca da libertação de cinco prisioneiros taliban.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Prédio de oito andares desmorona-se em Istambul