Última hora

Última hora

Exército turco lança sério aviso contra tendência islamita após primeira volta das presidenciais

Em leitura:

Exército turco lança sério aviso contra tendência islamita após primeira volta das presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

Horas depois de Abdullah Gul ter chumbado na primeira volta das presidenciais, o exército turco lança um aviso em defesa da laicidade. Diz que acompanha esta eleição com atenção, guarda o direito de agir e acusa o governo de Erdogan de fechar os olhos às acções dos islamitas.

Para os analistas este é um sério aviso e recordam que o exército turco já realizou três golpes de Estado e as suas pressões levaram, em 1997, à demissão do primeiro governo islamita da história da Turquia.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Abdullah Gul, não conseguiu ser eleito presidente à primeira volta. Os partidos laicos da oposição boicotaram a sessão e recorreram para o Tribunal Constitucional. Pedem a anulação da votação, considerando que não deveria ter ocorrido por falta de quórum.

Se a votação for invalidada serão convocadas eleições legislativas antecipadas, caso contrário, Abdullah Gul terá de esperar a terceira volta para se eleito apenas com os votos do seu partido, o AKP. A oposição prepara para domingo um novo protesto para defender a laicidade.