Última hora

Última hora

Milhares de turcos saem à rua e fazem aumentar pressão sobre o governo

Em leitura:

Milhares de turcos saem à rua e fazem aumentar pressão sobre o governo

Tamanho do texto Aa Aa

No início de uma semana crucial, cerca de um milhão de pessoas participaram este domingo em Istambul, num dos maiores protestos de sempre na Turquia, para defenderem da laicidade do Estado moderno fundado por Mutafa Kemal Ataturk.

Esta segunda-feira, o Tribunal Constitucional começa a analisar a queixa da oposição laica, que procura invalidar o escrutínio presidencial. Ontem, a multidão disse bem alto ser contra a candidatura de Abdullah Gul à presidência e acusou o governo de tentar instaurar um estado islâmico.

Não se sabe quando chegará o veredicto do Tribunal Constitucional, mas na quarta-feira está prevista uma segunda volta das presidenciais no parlamento e Adbullah Gul não pretende retirar a candidatura, apesar dos protestos e da pressão do exército, que se diz ponto a intervir para defender a laicidade.

O ministro dos Negócios Estrangeiros afirma que a decisão de candidatar-se foi ponderada e que o processo é para levar até ao fim, embora tenha de se esperar a decisão da justiça.

O partido AKP tem a maioria no parlamento, mas a poderosa confederação patronal juntou-se à oposição e vê na convocação de legislativas antecipadas a única solução para sair da crise.