Última hora

Última hora

Bush reafirma apoio a Wolfowitz

Em leitura:

Bush reafirma apoio a Wolfowitz

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Banco Mundial começou esta segunda-feira a ser ouvido por um painel de investigação que procura respostas sobre a promoção e aumento salarial Shaha Riza. Paul Wolfowitz é acusado de ter favorecido a sua companheira quando assumiu o cargo, em Junho de 2005, acusações que refuta dizendo-se vítima de uma companha de difamação.

O presidente dos Estados Unidos reafirma total confiança no antigo membro da sua administração. “A minha posição é que ele deve ficar, ele deve ter uma audiência justa. E agradeço o facto de ele ter avançado, de ter ajudado o Banco Mundial a reconhecer que a erradicação da pobreza no mundo é uma prioridade importante para o banco”, afirmou George W. Bush.

o Conselho executivo do Banco Mundial, um órgão constituído por 24 directores em representação dos 185 países membros da instituição, continua a afirmar desconhecer a aprovação das condições laborais da companheira de Wolfowitz por parte da comissão de ética.