Última hora

Última hora

Confrontos em manifestação em Istambul

Em leitura:

Confrontos em manifestação em Istambul

Tamanho do texto Aa Aa

Tal como se temia, uma manifestação em Istambul, está a degenerar em confrontos com a polícia. Até agora terão sido detidas 600 pessoas entre as quais cerca de uma centena de sindicalistas. A polícia começou por usar canhões de água para dispersar os manifestantes, mas recorreu depois a tiros para o ar.

O governador da cidade tinha interditado a concentração na praça Taksim, por receio de actos de violência. Apesar da interdição, diversos sindicatos e grupos políticos de esquerda apelaram à manifestação, que ocorre num momento em que o país enfrenta uma forte crise política com o processo de eleição do presidente.

Este primeiro de Maio na Turquia assinala o trigésimo aniversário de um dia do trabalhador de triste memória. Uma manifestação em que 37 pessoas foram mortas na sequência de um movimento de pânico provocado por tiros disparados por atiradores não identificados.