Última hora

Última hora

Desemprego alemão em mínimo de cinco anos

Em leitura:

Desemprego alemão em mínimo de cinco anos

Tamanho do texto Aa Aa

O desemprego na Alemanha esteve a caír pelo décimo terceiro mês consecutivo, para um novo mínimo de cinco anos.

O número total de desempregados caíu abaixo da marca dos quatro milhões, com os números de Abril a registarem menos 9000 pessoas sem emprego, relativamente ao mês anterior. A taxa de desemprego manteve-se estável nos 9,2%.

O director do gabinete federal do emprego,
Frank-Jürgen Weise, diz que o crescimento do emprego continua, ao mesmo tempo que aumenta o número de lugares vagos.

Em dados brutos, os mais seguidos no país, o número de desempregados está ligeiramente abaixo dos quatro milhões, sendo que as províncias da ex-RDA continuam a ser as mais penalizadas. Aqui, a taxa de desemprego é de quase 16%, o dobro da registada nas províncias ocidentais. No entanto, os valores baixaram significativamente, em ambas as regiões, desde Abril do ano passado.

É sobretudo nas pequenas e médias empresas que o número de postos de trabalho mais sobe, embora a tendência se estenda também a grandes empresas, que voltam a contratar depois de um período de redução de custos.