Última hora

Última hora

Murdoch quer comprar Dow Jones

Em leitura:

Murdoch quer comprar Dow Jones

Tamanho do texto Aa Aa

Rupert Murdoch, o milionário australiano dos meios de comunicação social, parte à conquista de Wall Street. A News Coropration de Murdoch lançou uma oferta não-solicitada para a compra da Dow Jones, a empresa de informação financeira que publica o Wall Street Journal e que dá o nome ao mais conhecido índice da bolsa nova-iorquina.

A News Corporation, dona dos canais Fox e Sky, da 20th Century Fox e de vários títulos da imprensa, oferece 60 dólares por acção, um prémio de 65% em relação à última cotação da Dow Jones. No entanto, a família Bancroft, accionista maioritária da Dow Jones, rejeitou a proposta.

Os analistas acreditam que, mesmo se a oferta fracassar, a iniciativa de Murdoch pode abrir caminho a investidas de outros grupos como a Bloomberg, a General Electric, a Google ou o Washington Post.

Alguns temem que a compra possa significar a degradação da qualidade jornalística. Steve Strasser é professor na City University de Nova Iorque e explica: “Se esta empresa se torna em algo exclusivamente orientado para os lucros, ou pelo menos onde o lucro tenha mais importância que o jornalismo produzido, penso que isso vai significar uma deterioração da integridade jornalística da imprensa em todo o território dos Estados Unidos”.

O Wall Street Jounal é um dos raros grandes jornais mundiais a ter encaixado bem o impacto da Internet, ao criar um serviço pago de acesso à versão electrónica, que está a ter um bom retorno.