Última hora

Última hora

Dia de violência no Iraque quando Casa Branca exige resultados às autoridades iraquianas

Em leitura:

Dia de violência no Iraque quando Casa Branca exige resultados às autoridades iraquianas

Tamanho do texto Aa Aa

Um atentado, num mercado muito frequentado num bairro xiita de Bagdad, fez pelo menos 35 mortos e 80 feridos.

Este é um dos piores ataques no bairro de Bayaa, palco frequente de ataques por ficar próximo de uma zona sunita. A explosão deixou várias lojas e veículos destruídos e a população em fúria, que pergunta onde está a segurança prometida.

Pouco depois, um outro carro armadilhado explodia em Bagdad, fazendo mais 22 mortos, enquanto, em Samarra, a 120 quilómetros a Norte, duas explosões mataram 12 polícias. Oito outros agentes ficaram feridos.

Com o Iraque em guerra civil e com os democratas a pressionarem para a fixação de um calendário de retirada, a administração Bush exige resultados das autoridades do Iraque. Por isso, os deputados iraquianos poderão reduzir as férias de Verão para aprovar leis tidas como essenciais para pôr fim às divisões.

O vice-presidente americano, Dick Cheney, parte esta semana para um périplo pelo Médio Oriente e, esta segunda-feira, começa na Jordânia mais uma conferência para a reconstrução do Iraque.