Última hora

Última hora

Distúrbios nas ruas de Paris e de outras cidades

Em leitura:

Distúrbios nas ruas de Paris e de outras cidades

Tamanho do texto Aa Aa

Duas horas depois de anunciado o novo presidente francês, a polícia entrou em confronto com cerca de 2 mil jovens opositores de Sarkozy, na Praça da Bastilha em Paris. À medida que iam sendo agredidos com foguetes e garrafas, que provocaram ferimentos em 4 agentes de segurança e num civil… a resposta veio com tiros de gás lacrimogéneo e, para afastar de vez os manifestantes, um tanque anti-motim accionou o canhão de água.

Nos arredores da capital francesa,registaram-se pequenos tumultos que os cerca de 30 mil polícias destacados por diversas zonas controlaram sem grandes incidentes. Seine Saint-denis, Argenteuil e Evry foram as zonas onde se verificaram os desacatos mais significativos.

No resto da França, a polícia também foi obrigada a intervir, nomeadamente em Lille, Rennes, Nantes e Lyon; na segunda maior cidade francesa, 15 pessoas foram detidas depois de pilharem algumas lojas. Registaram-se 4 feridos entre as forças policiais e três entre os manifestantes.

Em Marselha, junto ao Vieux Port, a polícia envolveu-se também numa batalha campal, com gás lacrimogéneo e jactos de água.

Em Toulouse, na Place du Capitole, cerca de duas mil pessoas também gritaram palavras de ordem contra a vitória de Sarkozy; até a polícia intervir e dispersar os manifestantes.