Última hora

Última hora

Gul desiste da presidência

Em leitura:

Gul desiste da presidência

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro turco dos Negócios Estrangeiros, o islamita, Abdullah Gul, anunciou a sua retirada da candidatura à Presidência da República após um novo fracasso da votação no Parlamento, por falta de quórum. Numa conferência de imprensa na Assembleia Parlamentar Gul declarou que “dada a situação, não faz sentido uma segunda volta do escrutínio prevista inicialmente para amanhã. Número dois do Partido da Justiça e do Desenvolvimento o AKP, saído da corrente islamista, Abdullah Gul era o único candidato.

Paralelamente, o AKP espera que o Parlamento debata já a partir de hoje uma série de emendas à Constituição, aprovadas em comissão, que prevêem nomeadamente a eleição presidencial por sufrágio universal.

Na primeira votação em Abril, o ministro ficou a escassos dez votos da presidência. Mas o escrutínio acabou por ser anulado na sequência de uma queixa apresentada pela oposição ao Tribunal Constitucional. As manifestações contra Abdullah Gul têm subido de tom. Nos últimos dias milhares de turcos sairam às ruas em defesa de um Estado laico e para exigir a retirada do candidato na corrida às presidenciais.