Última hora

Última hora

Clandestinos manifestam-se em Londres

Em leitura:

Clandestinos manifestam-se em Londres

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de imigrantes ilegais manifestaram-se no centro de Londres para reclamarem tratamento de cidadão e uma vida normal. Apoiados por líderes religiosos, associações de defesa dos direitos humanos e políticos, os manifestantes pedem o direito a documentos de residência para poderem trabalhar.

Estima-se que perto de 500 mil pessoas vivam no Reino Unido com mais de quatro anos de clandestinidade, muitos consegues trabalhar sem estarem declarados à segurança social o que gera uma perda de vários milhões de euros nos cofres do Estado. Recorrendo a este argumento o presidente da camara de Londres, Kem Livingstone, apoiados por figuras da irgreja católica, protestantes e mulçulmanos defende a legalização de todas essas pessoas. A Alemanha e a Espanha foram países onde esta iniciativa trouxe um claro crescimento económico, mas o governo britânico receia que tal iniciativa seja encarada como luz verde a uma operação de legalização massiva.