Última hora

Última hora

Segundo dia consecutivo de manifestações pós-eleitorais em França

Em leitura:

Segundo dia consecutivo de manifestações pós-eleitorais em França

Tamanho do texto Aa Aa

Pela segunda noite consecutiva centenas de jovens voltaram às ruas, em França, para protestar contra a vitória de Nicolas Sarkozy nas presidenciais de domingo. Em Paris, a praça da Bastilha voltou a ser o ponto de encontro de mais de meia centena de jovens, face a um aparatoso dispositivo policial.

Segundo fontes da polícia, pelo menos 35 pessoas foram detidas e registaram-se vários actos de vandalismo de jovens infiltrados na marcha. Durante a tarde, cerca de 300 jovens tinham-se já manifestado pacificamente no mesmo local. No resto do país, o mesmo cenário de palavras de ordem contra o novo presidente, repetiu-se em cidades como Nantes, Lyon e Caen.

Os protestos de ontem, tinham terminado em violência em algumas destas cidades, com a polícia a disparar gás lacrimogéneo e balas de borracha sobre os manifestantes. Segundo as autoridades a noite eleitoral saldou-se por 730 carros incendiados, 78 polícias feridos e quase seiscentas detenções. Desconhece-se o número exacto de feridos entre os manifestantes.

A polícia fala de protestos organizados por grupos de extrema-esquerda, vários analistas perguntam-se se não se trata de uma nova vaga de protesto estudantil contra o antigo ministro do Interior.