Última hora

Última hora

Cheney exige resultados do executivo iraquiano

Em leitura:

Cheney exige resultados do executivo iraquiano

Tamanho do texto Aa Aa

Washington pressiona o executivo iraquiano para assumir responsabilidades na segurança do território. Em périplo pelo Médio Oriente, o vice-presidente norte-americano efectuou hoje uma paragem não prevista em Bagdade, durante a qual se encontrou com o primeiro-ministro iraquiano.

Dick Cheney pressionou o xiita Nouri al-Maliki para alcançar acordos de partilha de poder com a minoria sunita, que a Casa Branca considera essenciais para acabar com a violência sectária no Iraque. A visita de Cheney foi recebida com um protesto nas ruas da capital contra o que os manifestantes classificaram de “ocupação” norte-americana.

Sublinhando os enormes desafios que enfrenta o país em termos de segurança, um ataque com um camião carregado de explosivos fez 14 mortos e 87 feridos em Erbil. A capital do Curdistão iraquiano tinha sido até ao momento relativamente poupada da vaga de violência que afecta o resto do Iraque.

Também no norte do país, quatro jornalistas iraquianos foram torturados e mortos num ataque contra a viatura em que seguiam nas imediações da cidade de Kirkouk. Com um panorama que é tudo menos positivo, Washington enfrenta crescente pressões para obter progressos num conflito com quatro anos e largos milhares de vítimas civis.