Última hora

Última hora

Fed mantém juros nos 5,25%

Em leitura:

Fed mantém juros nos 5,25%

Tamanho do texto Aa Aa

O preço do dinheiro mantém-se inalterado, nos Estados Unidos. A Reserva Federal tomou a decisão esperada na reunião desta quarta-feira e deixou a taxa de juro de referência nos actuais 5,25%. O organismo presidido por Ben Bernanke, maior autoridade americana no que toca à política monetária, continua a afirmar a inflação como maior inimigo a abater.

A taxa de juro em vigor está entre as mais altas, entre as maiores economias do mundo. Só o Banco de Inglaterra tem uma taxa igual. Na Zona Euro, o Banco Central Europeu pode em breve subir a taxa para os 4%, dos actuais 3,75%. No Japão, tem vindo a subir, mas mantém-se abaixo de 0,5%.

A economia norte-americana tem vindo a dar sinais de enfraquecimento. Espera-se que, no próximo encontro, Bernanke decida fazer um corte no preço do dinheiro. O mais recente dado a apontar para esse sentido foi o valor da criação de empregos em Abril, bastante mais baixo que o previsto.

Os especialistas vão agora analisar a fundo o discurso do presidente da Fed, sobre o estado da economia, à procura de pistas sobre a tendência futura dos juros. Só a subida dos preços pode impedir a Fed de fazer um corte. A taxa de inflação está, há vários meses, acima dos 2%.