Última hora

Última hora

Líder centrista francês cria nova formação política

Em leitura:

Líder centrista francês cria nova formação política

Tamanho do texto Aa Aa

A um mês da primeira volta das legislativas francesas, o líder centrista François Bayrou lançou-se na criação de uma nova força política. Uma aposta de risco para o presidente da União Democrática Francesa (UDF) e terceiro candidato mais votado na primeira volta das presidenciais. A maior parte dos seus deputados aliou-se à formação do próximo chefe de Estado, o conservador Nicolas Sarkozy.

“Não existe outra escolha, para além de ceder ou resistir. A minha convicção profunda é de que é mais fácil ceder, mas isso representa uma escolha sem futuro. É mais justo, mais leal, mais promissor e mais importante resistir e mostrar assim de que massa somos feitos”, dizia hoje Bayrou em Paris.

O Conselho Nacional da UDF, reunido esta manhã na capital francesa, aprovou a criação do novo partido, denominado Movimento Democrático. Segundo o líder centrista, a nova formação política já terá recebido vinte e dois mil pedidos de adesão.

Para alguns membros da UDF, estes são tempos de mudança: “A UDF, uma criação de Giscard D’Estaing, sofreu diversas transformações. Talvez seja o momento do movimento ser dinâmico. É qualquer coisa que tem potencial para ser bem sucedida, portanto vamos em frente.”

Bayrou quer permanecer como o “terceiro homem” do espectro político, lugar conquistado ao centro durante a campanha para as presidenciais em França. Em Dezembro de 2006, Bayrou explicava: “O espírito de reunião e reconciliação constitui a minha concepção da função de chefe de Estado.”

O centrista pró-europeu pretende consolidar nas legislativas de Junho os cerca de 18 por cento de votos obtidos na primeira volta das presidenciais. Mas a União para um Movimento Popular de Nicolas Sarkozy, para além de contar com o apoio de figuras históricas da UDF, aliciou 22 dos 29 deputados centristas em fim de mandato na Assembleia Nacional.

Face à máquina conservadora, o Movimento Democrático de François Bayrou poderá facilmente deparar-se com um futuro bastante fragilizado.