Última hora

Última hora

Atentado suicida aumenta tensão no Paquistão

Em leitura:

Atentado suicida aumenta tensão no Paquistão

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 25 pessoas morreram e dezenas de outras ficaram feridas após um atentado suicida ocorrido esta terça-feira no Paquistão. Uma bomba deflagrou no centro da cidade de Peshawar, zona noroeste do país, reduzindo a escombros o hotel Marhaba, frequentado predominantemente por paquistaneses.

O engenho terá sido colocado na recepção do hotel, situado junto da mesquita histórica de Mahabat Kahn. A polícia local afirma ter encontrado entre os destroços as pernas do presumível autor do ataque. Até ao momento não há indicação de que o atentado de hoje tenha ligações com a violência registada em karachi no sábado passado e que matou 40 pessoas.

No entanto esta explosão poderá intensificar a crise paquistanesa depois da onda de protestos e críticas dirigida a Pervez Musharraf. O presidente paquistanês enfrenta um movimento de contestação interna após diligências governamentais terem suspendido o responsável pela justiça do país Iftikhar Chaudhry.

Uma campanha que representa a maior ameaça à autoridade de Musharraf, um importante aliado norte-americano na região, desde que subiu ao poder em 1999 após um golpe de Estado.