Última hora

Última hora

Resultado de inquérito incrimina Wolfowitz antes da reunião de administradores do Banco Mundial

Em leitura:

Resultado de inquérito incrimina Wolfowitz antes da reunião de administradores do Banco Mundial

Tamanho do texto Aa Aa

Aumenta a pressão sobre Paul Wolfowitz a horas da importante reunião do Conselho de Administração do Banco Mundial. A comissão de inquérito aconselha os administradores a questionarem-se sobre as capacidades do presidente da instituição para continuar em funções, pois considera que Wolfowitz violou o contrato de trabalho e houve conflito de interesses na promoção da namorada Shaha Riza.

Face a este parecer extremamente negativo, Washington sai em defesa do seu protegido, aumenta a pressão sobre os membros do Banco Mundial e afirma que este escândalo não justifica o despedimento. Paul Wolfowitz deverá explicar-se hoje perante o Conselho de Administração, que decidirá o seu futuro à frente do organismo internacional.