Última hora

Última hora

Sarkozy prepara-se para nomear governo com membros da direita, centro e mesmo da esquerda

Em leitura:

Sarkozy prepara-se para nomear governo com membros da direita, centro e mesmo da esquerda

Tamanho do texto Aa Aa

A França assistiu ontem à passagem de poder. Chegou Nicolas Sarkozy para ocupar o cargo de presidente da República e receber os códigos do Estado, pouco depois partia Jacques Chirac, ao fim de 12 anos no Eliseu. Ao longo do dia, Nicolas Sarkozy multiplicou os gestos simbólicos, as promessas e viajou até à Alemanha, para a primeira viagem oficial, onde reiterou a sua vontade de trabalhar para relançar a Constituição Europeia.

Ocupada a cadeira do poder, Sarkozy nomeia esta quinta-feira o primeiro-ministro. François Fillon, conselheiro político de Sarkozy, é esperado esta manhã na residência do chefe de Estado e, a confirmarem-se os rumores, será nomeado e investido logo de seguida.

Os nomes dos ministros serão revelados na sexta-feira. Mas Alain Juppé, antigo primeiro-ministro, poderá ocupar um amplo ministério do Ambiente, uma das prioridades fixadas pelo presidente.

Sarkozy prometeu uma nova era e o futuro executivo pode ser um exemplo ao incluir membros da direita, mas também do centro e mesmo da esquerda. Bernard Kouchner é socialista e, apesar das críticas do partido, terá aceite o convite para o Ministério dos Negócios Estrangeiros por partilhar a visão de Sarkozy para a política externa.