Última hora

Última hora

BA admite prática de cartel

Em leitura:

BA admite prática de cartel

Tamanho do texto Aa Aa

A British Airways admitiu ter entrado num esquema de cartel, no que toca às sobretaxas aplicadas aos combustíveis. A companhia aérea britânica, terceira maior da Europa, já pôs de parte o equivalente a 512 milhões de euros para eventuais multas que tenha que pagar.

Willie Walsh, presidente executivo da transportadora, lamenta: “Peço desculpa pelo facto de as políticas que levámos a cabo terem sido consideradas uma transgressão. Mas quero realçar que não cobrámos mais do que devíamos. As sobretaxas que aplicámos estão directamente ligadas ao preço dos combustíveis”.

A British Airways ocupa o terceiro lugar do pódio na lista das maiores companhias aéreas da Europa, atrás da Air France-KLM e da Lufthansa. No ano passado, a transportadora britânica facturou 36 milhões de euros.

Malcom Cole trabalha para a revista “Which?”, especializada na defesa do consumidor, e está contra as sobretaxas: “Não acontece a ninguém comprar uma sandes e no fim, quando vai pagar, dizerem-lhe que o preço já não são duas libras, mas sim duas e meia, porque o preço do fiambre aumentou. Ora, com as linhas aéreas passa-se o mesmo. O combustível é o núcleo do serviço que elas prestam”.

Ao mesmo tempo, a BA apresentou resultados em queda e viu o preço das acções caír. O resultadio operacional, no ano fiscal que terminou no final de Março, caíu dos 694 para os 611 milhões de euros.