Última hora

Última hora

Suspeitas de fogo-posto sobre o Cutty Sark

Em leitura:

Suspeitas de fogo-posto sobre o Cutty Sark

Tamanho do texto Aa Aa

A destruição do Veleiro britânico Cutty Sark poderá tere sido provocada por mão criminosa, é essa pelo menos a suspeita das autoridades locais. Mais do que o valor material é o valor histórico deste navio do Século XIX que se perdeu, ou pelo menos do seu casco que se encontrava desde há 50 anos em Greenwich, no sudeste de Londres.

“ Estamos a tratar o assunto com muita suspeição, temos a indicação de que havia gente por perto quando o incêndio se declarou.” explica um responsável pela segurança. Esta madrugada a dimensão da chamas obrigou à evacuação alguns residentes. O barco museu, era uma das maiores atracções turísticas britânicas, estava a ser submetido a obras de restauro.
“Este barco é importante por varias razões, não só pela construção, pelo que significa para a história de inglaterra, pelas viagens que fez, pelas peesoas que se envolveram nesta construção, tudo faz parte da nossa herança” assinala o responsável pela empresa que gere o museu navio.

Construído em finais do século XIX para efectuar a chamada rota do Chá, em 1895 o veleiro seria rebaptizado Ferreira para fazer a rota do vinho do Porto. O veleiro que constituia uma verdadeiro ponto de atração turuista deveria reabrir ao público em 2009. Tudo indica que apesar deste acidente o navio acabará por ser recuperado e reposto no seu lugar de sempre.