Última hora

Última hora

Moscovo recusa entregar Lugovoy

Em leitura:

Moscovo recusa entregar Lugovoy

Tamanho do texto Aa Aa

A Justiça britância acusou formalmente o russo Andrei Lugovoy, pela morte do antigo espião Alexandre Litvinenko, assassinado em Novembro último em Londres por envenenamento com polonio-210, uma substância radioactiva. Lugovoy, antigo agente o KGB, encontrou-se com Litvinenko em Londres um mês antes deste adoecer. Numa carta escrita, já no hospital, Litvinenko acusou o Kremlim da responsabilidade desse acto. O chefe da polícia londrina, Ken MecDonald, explicou que “depois do inquérito chegou-se à conclusão de que a informação recolhida é suficiente para proceder ao acto de acusação pela morte de Litvinenko deliberadamente evenenado”. O caso que criou alguma tensão diplomática entre Moscovo e Londres ameaça continuar a ser fonte de conflito. O governo britâncio vai avançar com o pedido oficial de extradição mesmo sem a existência de um acordo entre os dois paíes.O ministério da Justiça russo recusa de imediato entregar Lugovoy.