Última hora

Última hora

Rússia nega o pedido de extradição de Andrei Lugovoy

Em leitura:

Rússia nega o pedido de extradição de Andrei Lugovoy

Tamanho do texto Aa Aa

A Russia negou esta terça-feira o pedido de extradição de Andrei Lugovoy para a Grã-Bretanha. A justiça britânica acusou formalmente o ex-agente do KGB da morte do antigo espião russo Alexandre Litvinenko. Lugovoy reclamou mais uma vez a sua inocência: “Quero uma vez mais dizer que não me considero culpado, aliás, sinto-me até uma vítima. Eu e a minha família fomos expostos a radiação, quando estivemos na Grã-Bretanha e por isso eu exijo que se apurem responsabildades”.
Um impasse diplomatico, como explica Julian Knoles, um advogado inglês, especialista em questões de extradição.

“Não há dúvidas de que a Rússia está muito irritada com a Grã-Bretanha, devido ao fracasso de um grande numero de extradições russas pedidas ao Reino Unido. Acho que a Rússia poderá aproveitar esta oportunidade para desautorizar o Reino Unido e não colaborar como devia”.

Alexandre Litvinenko morreu em Londres a 23 de Novembro de 2006, três semanas depois de ter dado entrada no hospital com sintomas de envenenamento.