Última hora

Última hora

El-Baradei defende continuidade do programa nuclear iraniano

Em leitura:

El-Baradei defende continuidade do programa nuclear iraniano

Tamanho do texto Aa Aa

O director geral da Agência Internacional de Energia Atómica defende que o Irão deveria ser autorizado a preservar parte do seu programa de enriquecimento de urânio. As declarações de Mohamed el-Baradei surpreenderam a comunidade internacional, sobretudo a França e os Estados Unidos.

A polémica coincide com a publicação de um relatório das Nações Unidas segundo o qual a república islâmica estará a conseguir avanços substanciais no seu programa nuclear. O Irão ignorou novo prazo de 60 dias imposto pelo Conselho de Segurança para que interrompesse o enriquecimento de urânio.

Uma atitude que desafia as normas internacionais e que abre camino ao endurecimento das sansões contra Teerão, depois de um segundo pacote de restrições ter sido aprovado em Março passado.

Perante a persistência por parte de Teerão, os Estados Unidos exibiram sinais de impaciência através de manobras militares. A Marinha norte-americana enviou nove navios de guerra para o Golfo Pérsico. A frota inclui porta-aviões estacionados ao largo da costa iraniana.