Última hora

Última hora

Explosão numa mina da Sibéria mata 38 pessoas

Em leitura:

Explosão numa mina da Sibéria mata 38 pessoas

Tamanho do texto Aa Aa

Trinta e oito mortos é o novo balanço da explosão de metano numa mina de carvão na Sibéria, de acordo o Ministério das Situações de Urgência. De acordo com as autoridades locais, 217 mineiros e engenheiros encontravam-se debaixo de terra no momento da explosão, que ocorreu quando eram 7h40 da manhã, menos três horas em Lisboa.

A mina de Iubileina está situada na região de Kemerovo, na parte oeste da Sibéria, a cerca de 40 quilómetros da mina Ulianovskaia, onde 110 mineiros perderam a vida no passado mês de Março, também devido a uma explosão de metano.

As duas minas são exploradas por uma empresa criticada esta manhã pelo primeiro-ministro russo. Mikhail Fradkov referiu que a agência de segurança industrial “já encontrou infracções no trabalho da empresa Iujkouzbassougol. Trata-se de um problema sério. O novo acidente é muito perturbante. Este caso ultrapassa os limites do aceitável”, concluiu.

A agência citada pelo chefe de governo já fez saber num comunicado que tentou obter por duas vezes o encerramento da mina, após ter encontrado violações dos regulamentos de segurança, mas os tribunais não lhe deram razão. A última tentativa foi feita no dia 30 de Abril.

Kemerovo é por excelência a região de produção de carvão na Rússia. O sector emprega cerca de 250 mil pessoas, das quais 120 mil são mineiros.