Última hora

Última hora

Estados Unidos escolhem Robert Zoellick para Banco Mundial

Em leitura:

Estados Unidos escolhem Robert Zoellick para Banco Mundial

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos escolheram Robert Zoellick, ex-número dois do departamento de Estado da Casa Branca, para substituir Paul Wolfowitz na presidência do Banco Mundial. Robert Zoellick, de 53 anos, foi sub-secretário de Estado no primeiro mandato de Bush e transformou-se no representante da Casa Branca para as políticas relacionadas com a China e com o Darfur.

Paul Wolfowitz demitiu-se no passado dia 17 de Maio, depois de ter sido criticado por ter intercedido pessoalmente para conseguir um aumento salarial para sua namorada, também empregada do Banco Mundial. Bush já tinha anunciado a sua intenção de ver um americano à frente dos destinos do Banco Mundial, apesar de algumas críticas de alguns países-membros.

Robert Zoellick deixa assim o seu lugar no banco privado de investimentos Goldman Sachs, onde trabalhava desde 2006. Segundo um porta-voz do governo americano, as capacidades diplomáticas e a experiência financeira fazem de Zoellick o homem certo no lugar certo.