Última hora

Última hora

Bush quer discutir aquecimento global, mas sem definir metas imediatas

Em leitura:

Bush quer discutir aquecimento global, mas sem definir metas imediatas

Tamanho do texto Aa Aa

Dissidente do protocolo de Quioto, George Bush quer agora apadrinhar um novo ciclo de negociações internacionais para lutar contra o aquecimento global após 2012. A seis dias da cimeira do G8 o presidente reconheceu, pela primeira vez, a necessidade de fixar metas para reduzir a emissão de gases poluentes, mas não para já.

“Até ao final do próximo ano, a América, em conjunto com outras nações, vai fixar um objectivo global a longo prazo para a redução da emissão de gases com efeito de estufa. Para atingir estes objectivos vamos organizar uma reunião dos países que mais poluem, que incluirá economias em crescimento acelerado como a China e a Índia”.

Washington tenta assim contornar a proposta da presidência alemã do G8 de reduzir as emissões poluentes de 20% a 30% até 2020. Num comunicado divulgado durante o discurso de Bush, a Casa Branca afirmava que estava fora de questão fixar para já objectivos e que se manteria à margem do mercado de quotas de carbono.