Última hora

Última hora

Lugovoy acusa serviços secretos britânicos

Em leitura:

Lugovoy acusa serviços secretos britânicos

Tamanho do texto Aa Aa

Acusado pela justiça britânica de ter assassinado o antigo espião russo Alexandre Litvineko, Andrei Lugovoy decidiu contar a sua versão desta conturbada história. Numa conferência de impresa em Moscovo denunciou a existência de uma trama dos serviços secretos britânicos e de Berezovsky declarando que Litvinenko não terá sido envenenado pelos russos, mas pelos britânicos ou pelo patrão que chantageava.

O empresário e ex-agente do KGB começou por anunciar que ia fazer luz sobre esta história política sombria. “Os principais protagonistas são os serviços secretos britânicos, Boris Berezovski e Alexandre Litvinenko que está morto” denunciou.
Lugovoy diz que o queriam recrutar para os serviços secretos britânicos: propuseram-lhe recolher informações comprometedoras sobre Putin e os membros da família.

Para terminar remata que perderam muito tempo a reagir às acusações o que permitiu aos britânicos de fazer dele um bode expiatório de toda a operação.