Última hora

Última hora

Parlamento turco aprovou de novo reforma constitucional vetada pelo presidente

Em leitura:

Parlamento turco aprovou de novo reforma constitucional vetada pelo presidente

Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento turco aprovou em votação final a reforma constitucional que integra o polémico artigo que prevê a eleição do presidente por sufrágio directo, após duas voltas de escrutínio, e para um máximo de dois mandatos. A medida foi proposta pelo governo islamita moderado, depois não ter conseguido eleger Abdullah Gul como presidente, após várias tentativas no parlamento.

A reforma foi vetada na semana passada pelo actual chefe de Estado, mas o parlamento acabou por aprovar hoje quer as emendas quer a reforma em geral, que prevê ainda legislativas todos os quatro anos em vez de cinco. A eleição do presidente provocou uma crise na Turquia, com milhões de cidadãos nas ruas para defender a laicidade, e acabou por obrigar a antecipar as legislativas para 22 de Julho.