Última hora

Última hora

Rússia rejeita alterações ao plano para Kosovo

Em leitura:

Rússia rejeita alterações ao plano para Kosovo

Tamanho do texto Aa Aa

A ameaça de veto da Rússia ao plano das Nações Unidas para a independência supervisionada do Kosovo mantém-se, apesar dos países ocidentais terem alterado o documento. Moscovo pretende que haja mais negociações entre responsáveis albaneses e a Sérvia e sugere outras alterações.

“A introdução desta versão do plano para o estatuto do Kosovo não muda nada, no que nos diz respeito. Continuamos a insistir nos nossos elementos propostos. A proposta russa permite uma considerável flexibilidade. Não pretendemos que as coisas fiquem estagnadas no Kosovo. Por exemplo, consideramos a possibilidade de transferir a responsabilidade das Nações Unidas para a União Europeia”, declarou o embaixador russo na ONU, Vitaly Churkin.

O Kosovo é considerado o berço da Sérvia mas possui 90 % de população albanesa que anseia por uma independência que é rejeitada por Belgrado. Entre as alterações, que Moscovo considera pouco significativas, existe uma mudança de posição da ONU em relação a plano do representante das Nações Unidas Marti Ahtissari. Em vez de aprovar a independência supervisionada, a ONU apenas a apoia. Nas mudanças está também prevista a criação de um enviado especial da ONU para os deslocados sérvios.