Última hora

Última hora

Bush em Praga enfrenta oposição dos checos contra sistema anti-míssil

Em leitura:

Bush em Praga enfrenta oposição dos checos contra sistema anti-míssil

Tamanho do texto Aa Aa

George w.Bush está quase a chegar a Praga, na Republica Checa, numa visita apoiada pelo chefe de governo mas fortemente rejeitada pela população. Na base da polémica estão os planos do presidente norte-americano que quer instalar radares e escudos anti-míssil na República Checa e na Polónia.

Um habitante de Praga diz que há prós e contras, mas está preocupado com a reacção russa pois os planos americanos podem desencadear tensões desnecessárias.

Outro cidadão é a favor da instalação do radar pois os Estados Unidos são aliados da República Checa e os compromissos são para serem mantidos.

Mas nos arredores de Praga, a grande maioria da população não quer que os sistemas anti-misiil americanos sejam colocados em solo checo. Num referendo realizado este fim-de-semana, mais de 95% dos eleitores de três localidades chumbaram o projecto norte-americano.

Algumas familias consideram mesmo que os radares perto das habitações vão trazer problemas principalmente para as crianças.

Os Estados Unidos querem construir o escudo anti-míssil na Europa de Leste com o objectivo, dizem as autoridades, de interceptar mísseis provenientes do Irão ou da Coreia do Norte.

No entanto, a Rússia vê os interesses estratégicos na região ameaçados e as relações entre com os Estados Unidos arrefeceram.

A visita de Bush à Europa vai durar oito dias, o chefe de Estado norte-americano vai visitar a República Checa, a Alemanha, Polónia, Itália, Albânia e Bulgária.